quem somos

SOMOS UM MUNDO ONDE O RESGATE DA IDENTIDADE CULTURAL SE TORNA UM DIREITO PELA EQUIDADE SOCIAL

 Dunyaben significa Mundo (dunya) para todos (ben), na língua étnica sussu, do tronco linguístico Mandê, originária da Baixa costa da Guiné

Dunyaben nasceu do amor pela cultura africana, da paixão pela música e pela dança, que, indissociáveis, expressam tradições e fundamentos de povos que nos ensinam a partir de suas histórias cotidianas.

Na colheita, nos ritos de passagem, no nascimento ou na morte, a musicalidade tradicional indica o caminho dos movimentos, os corpos refletem os ritmos dos tambores.

O nosso propósito é a pesquisa regular da linguagem artístico cultural das diversas etnias pertencentes ao Império Mandinga (oeste da África), que no século XIII povoou as regiões em que hoje se encontram a Guiné Conacri (alta, marítima, média e florestal) Mali, Senegal, Costa do Marfim, Burkina Faso, Mauritânia e Serra Leoa, mais conhecida como África Ocidental.

O Dunyaben fomenta a disseminação dos saberes populares-tradicionais do oeste africano e promove o intercâmbio sócio cultural entre África e Brasil, buscando e difundindo o conhecimento recebido de nossas referências africanas, promovendo a contrapartida por meio do apoio às famílias dos artistas residentes em Guine e da divulgação e reconhecimento desses artistas e dos balés africanos locais por outros público.

Em nossas pesquisas estamos constantemente refletindo sobre uma questão:

Como seria possível, conhecer de forma extensa e profunda, a riqueza das culturas africana e indígena, se há carências de conhecimento, sobre suas manifestações artísticas e seus saberes?

Diante disto, em 2018 a Escola Dunyaben dá origem a Educarte, um programa de capacitação em arte educação com aplicação da metodologia Pé de Cultura, desenvolvida e coordenada por Cila Rocha

Assim, promovemos a difusão e a valorização das culturas do oeste africano, em especial a cultura da Guiné Conacri, de forma a torná-la uma ferramenta de reflexão sobre a sociedade brasileira e os valores padronizados instituídos pelo atual sistema de ensino e aprendizagem, integrando ao pensamento etnocêntrico, uma visão expandida sobre a valorização das culturas originais, formadoras do povo brasileiro, para o resgate da identidade cultural brasileira em sociedade. 

Welcome to Dancy

Uma escola diretamente conectada com o oeste africano desde 2013

Estamos integralmente conectados com mestres e referências das culturas africanas oriundas das quatro regiões da Guiné e da cultura popular brasileira.

Além dos famosos e tradicionais balés e grupos de percussão da Guiné. 

Nossos Instrutores

Conheça nossa equipe profissional

Nossos profissionais são altamente qualificados e experientes. 

Dunyaben investe constantemente em tecnologia, metodologia e  empreendedorismo social. 

 

CILA ROCHA

Musicista, dançarina, arte educadora, produtora cultural, empreendedora social  e coordenadora geral da escola Dunyaben. 

 Atua como dançarina e musicista intérprete da linguagem africana mandèn junto ao Dunyaben e outros grupos de cultura popular na cidade de Curitiba. Atuou como diretora de arte das obras: DunyaNamakala – Dum Dunya e Tranças de Estórias produzidas por Dunyaben.
Fez residência artística em Guiné, Oeste da África, capital e aldeias junto a diversos mestres e artistas de balés tradicionais da cultura mandèn.  Investiga há uma década as manifestações artísticas, corporeidades e técnicas das danças africanas e brasileiras  para a formação de arte educadores.

 Cila Rocha é titulada em Ciências Biológicas e Pedagogia. Especialista em História e Cultura africana e Indígena.  Formou-se em dança pela Escola África Raíces. 

PEPE SYLLA

Mestre Djeli, Artista polivalente, músico percussionista, Balafonista, Coordenador de Percussão de Dunyaben, regente de classe em Pedagogia Pé de Cultura de Dunyaben Educarte, solista de cerimônias Guine Fare em Guiné Conacri – com 25 anos de experiência (1995 – 2020). Guiné – África Ocidental.

 Atua Regente de classe em Pedagogia Péde Cultura de Dunyaben
educarte . professor de percussão e balafon em Escola Dunyaben.  Produtor musical do Projeto MandinkArt.
Produtor artístico do Documentário Tranças de Estórias – África Brasil de Dunyaben Educarte
Musico solista do Coletivo Dunyaben.  

 

Nossa Expertise

Mais de 10 anos de pesquisa & atuação socioambiental no Brasil e em África